Bombas eléctricas de diafragma

Bombas eléctricas de diafragma

As bombas eléctricas de diafragma são usadas para pintura de alta pressão sem ar atomizado. A bomba é impulsionada por um motor eléctrico que aciona um excêntrico ligado a um pistão. Este está mergulhado numa câmara de óleo.

O pistão no seu movimento alternado suga o óleo pressionando-o contra o diafragma feito de um material altamente elástico e resistente, que vibra à mesma frequência que o pistão. Esta acção cria uma depressão que suga e empurra o produto em contacto com o diafragma. Uma válvula especial ajusta a pressão do óleo e a pressão do próprio produto.

As vantagens deste sistema:

  • Evita necessidade de ar comprimido, ideal para obra.
  • Equipamento monofásico
  • O sistema hidráulico controla a pressão contrabalançando as falhas
  • Adequado para um vasto leque de produtos, de baixa a alta viscosidade
  • Pressão e ângulo de ataque constantes durante a operação
  • Diafragmas especiais em materiais de alta qualidade, oferecem longos tempos de vida do equipamento
  • Facilidade de operação, limpeza e aplicação de produto

Recomendações: 

  • No caso de usar gerador garantir o mínimo de potência eléctrica:
    • Miro: 4,0 kW
    • Dali: 4,0 kW
    • Viking: 5,5 kW
    • Giotto: 5,5 kW
  • Usar apenas com tintas adequadas para airless
  • Selecionar o bico de acordo com o produto e aplicação desejada

Gama de bombas:

Miro Dali
Bombas eléctricas de diafragma Bombas eléctricas de diafragma
Viking Giotto
Bombas eléctricas de diafragma Bombas eléctricas de diafragma

Gama de pistolas:

AT 250 AT 300
pistola de pintura pistola de pintura AT 300